Hiperidrose

A hiperidrose é a transpiração excessiva por aumento da secreção das glândulas sudoríparas que ocorre sem a necessidade de um estímulo evidente, como o exercício físico.

Pode ser um distúrbio generalizado de todo o corpo, mas mais frequentemente é localizado, afectando as axilas e as palmas das mãos. Os doentes produzem enormes quantidades de suor em questão de segundos, o que causa transtornos importantes na vida privada e profissional, facto ainda mais agravado pelo odor que frequentemente surge associado.

Pode ter várias causas que, para serem despistadas, necessitam de uma consulta Médica, pois nestas situações (hiperidrose secundária), o mais importante é tratar a doença de base.

A hiperhidrose primária, ou seja aquela na qual não se identifica uma causa, é a que pode ser tratada com a toxina botulínica «Cremes e sprays» podem originar atrasos no diagnóstico e efeitos adversos complicados. Em casos menos graves podem ser usados tratamentos médicos «clássicos», mas são pouco eficazes.

A toxina botulínica, ao inibir a sudação, permite alcançar excelentes resultados com efeitos secundários quase nulos.

Aplica-se comodamente com infiltrações na pele e o efeito observa-se ao final da primeira semana.

Qualquer zona do corpo pode ser tratada.
O tratamento cirúrgico existe para os casos mais graves.

Hiperidrose | CM Clínicas